Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


MUDANÇAS NO BLOG

por SIC - Blog, em 13.01.08
Ontem mudei a cor do templante as outras não tinham muito aver com a sic, mas não foi só esta a novidade que tivemos também já temos o chat a funcionar normalmente.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:30

NOVELAS DA MINHA VIDA(AGORA TODOS OS DIAS)

por SIC - Blog, em 13.01.08
Torre de Babel
 
Formato/Género telenovela
Duração 50 min. aproximadamente
Criado por Silvio de Abreu
Diretor(es) {{{diretor}}}
Produtor(es)  
Apresentador(es) {{{apresentador}}}
Elenco Tony Ramos
Tarcísio Meira
Glória Menezes
Maitê Proença
Adriana Esteves
Edson Celulari
Cláudia Raia e grande elenco
Narrador(es)  
Tema de abertura 1ª Fase:Abertura instrumental
2ª Fase: Pra Você, Gal Costa
Tema de encerramento  
Exibição
País Brasil
Emissora de televisão Rede Globo
Formato de Exibição {{{formato_exibição}}}
Idioma Português
Transmissão original 25 de maio de 1998
16 de janeiro de 1999
Qt. de temporadas  
N. de episódios 203
[{{{website}}} Página oficial]

TORRE DE BABEL


Torre de Babel foi uma telenovela brasileira produzida e exibida no horário das 20 horas pela Rede Globo. Escrita por Sílvio de Abreu, Alcides Nogueira e Bosco Brasil e dirigida por Denise Saraceni, José Luiz Villamarim, Carlos Araújo e Paulo Silvestrini. Teve 203 capítulos, exibidos de 25 de maio de 1998 a 16 de janeiro de 1999.

Sinopse

José Clementino, num acesso de fúria, matou a mulher num flagrante de adultério. Mas o seu então patrão, César Toledo, testemunhou o assassinato e o seu depoimento fez Clementino pagar pelo crime. O tempo passou e, na prisão, Clementino arquitetou um plano de vingança contra o ex-patrão.

César é um empresário que construiu um dos mais arrojados shopping centers de São Paulo, o Tropical Tower Shopping. Casado com Marta, mas com o casamento em crise, ele reencontra uma antiga paixão, a advogada Lúcia Prado. Os dois voltam a se encontrar, mas Marta fará de tudo para manter o casamento. O casal tem três filhos muito diferentes entre si:Henrique, Guilherme e Alexandre.

Henrique, casado com a bela Vilma, é um sedutor incorrigível, despertando desejos secretos até em sua melhor amiga, Ângela Vidal, uma executiva da empresa de César Toledo.

Guilherme é o filho problemático, arruaceiro e drogado. Apesar da família lutar para tirá-lo das drogas, ele só confia na amizade da protetora Clara, a moça que há muitos anos vive de favor na mansão dos Toledo. Mas a família nem desconfia que Guilherme tem uma mulher, Celeste, e um filho pequeno, noutra cidade.

Alexandre é o jovem advogado de carreira promissora, mas ingênuo o bastante para cair nas garras da interesseira Sandrinha, funcionária do shopping. Ela vislumbra no rapaz uma oportunidade de enriquecer para sair do inferno que é a sua vida em casa. Seu pai, Clementino, está prestes a sair da cadeia, mas ela nunca o perdoou por ter matado a mãe dela. Sandrinha mora com o avô paterno, Agenor, dono de um ferro-velho, homem rude que a despreza; com a irmã, a doce Shirley; com o deficiente mental Jamanta, apaixonado por ela; e com os tios broncos Gustinho e Boneca, que disputam o amor da divertida Bina Colombo.

Mas o alvo de Clementino é César Toledo, e ele começa a pôr em prática o plano de explodir o Tropical Tower Shopping.

Isadora Ribeiro, a Vilma na trama.
Isadora Ribeiro, a Vilma na trama.

 Elenco principal

 Participações especiais

 Trilha Sonora Nacional

  1. Te Amo - José Augusto (Tema de Shirley)
  2. Loca - Simone (Tema de Celeste)
  3. Felicidade, Que Saudade de Você - Zezé Di Camargo & Luciano (Tema de gustinho)
  4. Eternamente - Fafá de Belém (Tema de Marta)
  5. Só No Sapatinho - Grupo Só No Sapatinho (Tema de Sandrinha)
  6. Quase Fui Lhe Procurar - Luiz Melodia (Tema de Ângela)
  7. Muito Mais - Roupa Nova (Tema de Alexandre)
  8. Vambora - Adriana Calcanhoto (Tema de Rafaela e Leila)
  9. Onde Foi Que Eu Errei - Fat Family (Tema de Bina)
  10. Toda Vez - Zélia Duncan (Tema de Edmundo)
  11. Telefone - Nara Leão (Tema de Edmundo e Ângela)
  12. Urubu Malandro - Paulo Moura & Os Batutas (Tema de Henrique)
  13. Moda de Sangue - Elis Regina (Tema de Clementino e Clara)
  14. Abertura/Pra Você - Gal Costa (Tema de abertura/Tema de César e Lúcia)

 Trilha Sonora Internacional

  1. Immortality - Celine Dion (Tema de César e Marta)
  2. All my Life - K-CI & Jojo (Tema de Edmundo e Bina)
  3. You Were There - Eric Clapton (Tema de Ângela)
  4. High - Lighthouse Family (Tema de Clementino e Clara)
  5. Con te partiró - Andrea Bocelli (Tema de Alexandre e lúcia)
  6. Adia - Sarah McLachlan (Tema de Clara)
  7. Lady - Lionel Richie (Tema de Henrique e Celeste)
  8. The Air That I Breathe - Simply Red (Tema de Clementino)
  9. Be Alone No More - Another Level (Tema de Locação)
  10. Zoot Suit Riot - Cherry Poppin´ Daddies (Tema de Dino)
  11. Por arriba, por abajo - Ricky Martin (Tema de Dino e Shirley)
  12. I Want You To Want Me - D-Soul (Tema de Leda)
  13. Ho fatto sn sogno - Antonello Venditti (Tema de Sandrinha)
  14. The One I Gave My Heart To - Mya Hill (Tema de Ambiente)
  15. Corazón partío - Alejandro Sanz (Tema de Shirley e Adriano)
  16. Habla me luna - All Jam

Ibope

Torre de Babel foi lançada com o slogan "Forte, verdadeira, emocionante". E era, realmente, uma trama tão forte e barra-pesada, que afugentou os telespectadores durante a primeira fase, a qual acabou tendo média de 37 pontos (em seu primeiro capítulo, obteve média de 42 pontos, até então a menor estréia de todos os tempos do horário nobre, superada 8 anos depois por Duas Caras). Silvio de Abreu foi então obrigado a mudar a sinopse, e conseguiu com isso bons resultados: a segunda fase teve média de 48 pontos. A média geral foi de 45 pontos, um índice considerado satisfatório. O último capítulo mobilizou o país, registrando 61 pontos de audiência.[carece de fontes?]

Curiosidades

  • A explosão do shopping foi uma das cenas mais marcantes da novela, embora tenha sido criticada por alguns, que alegavam efeitos especiais deficientes em alguns takes.
  • O assassinato da personagem Vilma (Isadora Ribeiro), cometido pela vilã Ângela (Cláudia Raia), foi outra cena marcante da novela. Muito bem dirigida e editada, a cena recebeu muitos elogios.
  • Em Torre de Babel, com a explosão do shopping center, morreram alguns personagens de quem o público não havia gostado, como o violento Agenor (Juca de Oliveira), o drogado Guilherme (Marcello Antony) e o casal de lésbicas Rafaela e Leila (Christiane Torloni e Silvia Pfeifer).
  • Natalia do Vale viveria sua segunda Lúcia. A primeira foi em "Baila Comigo". E Glória Menezes sua segunda Marta. A primeira em "O Grito".
  • Adriana Esteves, até então considerada uma atriz mediana, deu uma guinada em sua carreira e consagrou-se como uma grande atriz ao interpretar a interesseira Sandrinha, cheia de nuances e trejeitos que fizeram o sucesso da personagem.
  • Torre de Babel foi a novela mais cara da Rede Globo até hoje: cerca de 17 milhões de reais, e mais ou menos 300 atores.
  • Maitê Proença, com grande sensibilidade, fez de Clara uma mulher sofrida que guardava o segredo de sofrer abuso sexual e estupro do então pai adotivo.
  • Destaque também para o trabalho de Tony Ramos, como o perturbado Clementino, para Cacá Carvalho, como o retardado mental Jamanta, e para Cleyde Yáconis, como a ricaça falida e hipocondríaca Diolinda.
  • Mas o grande destaque foi mesmo a dupla Bina Colombo e sua amiga "tagarela" Luzineide (Cláudia Jimenez e Eliane Costa). O bordão "cala a boca, Luzineide", que Bina soltava toda vez que sua amiga fazia menção de falar, foi um sucesso. Luzineide permaneceu calada durante a novela inteira, e só soltou o verbo no último capítulo, para revelar a todo mundo quem havia explodido o shopping.
  • Sobre a explosão do shopping, o mistério foi mantido até o último capítulo, quando foi revelado, na penúltima cena do capítulo, na frente de uma boa parte do elenco da novela, que Sandrinha era a responsável. Os atores receberam as falas horas antes da gravação da cena, realizada no dia em que o último capítulo foi exibido.
  • Aliás, como já havia acontecido em A Próxima Vítima, a última cena da novela foi uma surpresa chocante. Marta (Glória Menezes) e César (Tarcísio Meira) avistam Carlito (Duda Mamberti), fiel escudeiro de Leila (Sílvia Pfeiffer) e Rafaela (Christiane Torloni) e depois de Leda (Sílvia Pfeiffer), dentro do Shopping olhando atentamente para seu relógio de pulso. Carlito começa a sair, e a câmera mostra um tenebroso corredor subterrâneo do Shopping. Ao chegar ao fim deste corredor, lá está uma bomba-relógio. No que a bomba chega ao instante 0:01, a tela fica preta e aparece ali um enigmático "FIM".
  • Silvio de Abreu “ressuscitou” o personagem Jamanta, vivido por Cacá Carvalho, em sua telenovela das 21h posterior, Belíssima, em 2005/2006.
  • Primeira telenovela de André Segatti (já tinha feito a minissérie Labirinto) e Duda Mamberti e última de Carlos Kroeber (faria ainda, também, a mesma minissérie antes de falecer).
  • A telenovela teve duas aberturas: a primeira mostrava a torre de babel sendo cercada por vidros, e alguns flashes iluminavam a torre enquanto a câmera focava. Os vidros iam envolvendo a torre e tomando a forma do shopping Tropical Tower, o símbolo máximo da novela. Já na segunda abertura, o céu do plano de fundo ficou mais claro, e os flashes e vidros foram abolidos, deixando a abertura mais simples e curta. A primeira abertura foi melhor apreciada, mas foi modificada para acompanhar as mudanças drásticas na estrutura do texto da novela.
  • Em setembro de 1998, houve, no monte Roraima, um acidente com o helicóptero do programa Globo Ecologia, atração da qual participava o ator Danton Mello, o intérprete de Adriano. O artista precisou, devido a isso, se ausentar por alguns meses, ao fim dos quais reapareceu em cadeira de rodas na novela. Seu personagem, na produção, havia sofrido um acidente de carro. Dessa forma, justificou-se o seu sumiço momentâneo.
  • Gustinho (Oscar Magrini), que usava o nome artístico de Johnny Percebe, apresentou-se no Domingão do Faustão, só que seu irmão Boneca (Ernani Moraes) era quem realmente cantava. Gustinho fazia só dublagem, o que foi descoberto por Faustão, que chegou a dizer a Bina: "Minha senhora, esse aqui é um programa quase sério!".
  • Na primeira abertura, o nome do ator Marcos Palmeira era creditado como "Marcos Palmeiras", erro que foi corrigido na segunda abertura.
  • Primeira novela da veterana atriz Etty Fraser na globo.

Prémios

Prêmio APCA (1998):

  • Melhor Atriz - Adriana Esteves
  • Melhor Ator - Tony Ramos
  • Melhor Atriz Coadjuvante - Cleyde Yáconis

Troféu Imprensa (1998):

  • Melhor Novela
  • Melhor Atriz - Adriana Esteves
  • Melhor Ator - Tony Ramos

Melhores do Ano - Domingão do Faustão (1998):

  • Melhor Atriz - Adriana Esteves
  • Melhor Ator - Tony Ramos
  • Melhor Atriz Coadjuvante - Eliane Costa
  • Melhor Ator Coadjuvante - Cacá Carvalho


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:40



Mais sobre mim

foto do autor



Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Janeiro 2008

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031




Arquivo

  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2010
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2009
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2008
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2007
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D