Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


SIC K, SIC Radical e SIC Mulher ‘viram’ presentes de Natal

por SIC - Blog, em 11.12.10

Os canais SIC K, SIC Radical e SIC Mulher podem ser oferecidos como presentes. Uma visita guiada ao estúdio da SIC K, ser assistente de produção por um dia da SIC Radical, assistir ao vivo a um programa da SIC Mulher ou conhecer os estúdios da SIC são algumas das actividades acessíveis em pacotes de A Vida é Bela. A iniciativa decorre de uma parceria entre a SIC e a empresa de experiências que criou três pacotes de presentes-experiência homónimos aos três canais temáticos e “que incluem um conjunto de experiências direccionado para targets específicos”.

Os pacotes SIC K e SIC Radical incluem cada um mais de 150 opções, para uma ou duas pessoas, por 24,90 euros e 39,90 euros, respectivamente. Já o SIC Mulher apresenta, por 39,90 euros, 425 experiências para uma pessoa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:31

Júlia Pinheiro vai mandar nos programas diários da SIC

por SIC - Blog, em 11.12.10

Júlia Pinheiro vai mandar nos programas diários da SIC

Ano novo, vida nova para a anfitrã da Casa dos Segredos da TVI. Júlia Pinheiro vai para SIC com duas missões já definidas: a de revolucionar os programas da manhã e da tarde e de apresentar um novo programa, The Biggest Loser.

A SIC acaba de desferir um dos mais duros golpes na estrutura de programação da TVI ao recrutar para as suas fileiras Júlia Pinheiro, apresentadora e actual directora de Formatação de Conteúdos da estação de Queluz de Baixo. Fontes de Carnaxide garantem à Notícias TV que "a partir da terceira semana de Janeiro ela começa a trabalhar", regressando assim ao canal que a viu nascer como apresentadora de TV e do qual saiu há oito anos. E já estão definidas as funções que a esperam, que para além da apresentação passam por "ser directora de Conteúdos", explica fonte conhecedora do processo. Por isso, a anfitriã do reality show Casa dos Segredos despede-se da TVI na noite de passagem de ano e vai para a estação de Francisco Pinto Balsemão coordenar os programas da manhã e da tarde.
Aliás, função que conhece como ninguém porque tem vindo a desempenhá-la na TVI.

Mas há mais: "Há fortes possibilidades de ela vir a ter um programa diário ao jeito do que faz nas Tardes da TVI", revela quem está por dentro desta contratação. Só ainda não se sabe para que horário será.

Na SIC já se tinha começado a notar mudanças radicais quando Gabriela Sobral, directora de Produção e Coordenação de Projectos da estação, abriu um concurso externo a produtoras para pedir orçamentos para os programas Companhia das Manhãs e Boa Tarde, cujos resultados deverão ser conhecidos em breve. Porém, ninguém esperava que estas alterações pudessem contar já com o parecer de Júlia Pinheiro. Com esta transferência concluída, Gabriela Sobral cumpre uma promessa que tinha feito publicamente numa entrevista. "Acredito que um dia vou conseguir ter Júlia Pinheiro", declarou pouco tempo depois de também ela ter trocado de camisola.

Apesar de a nossa revista ter conseguido confirmar esta transferência quer junto de fontes da SIC quer da TVI, a apresentadora insiste em negar a contratação. "É um tipo de conversa que é cansativa, frívola, porque não vai acontecer nada. Estou a tomar conta das minhas coisas e da minha vidinha", responde Júlia Pinheiro, preferindo falar da Gala de Natal da TVI, em que tem estado a trabalhar. Se sobre esta matéria Júlia só pode dizer "que é mentira" e "não vou nada para a SIC", para os lados de Carnaxide não há dúvidas. "Ela já assinou um pré-acordo", jura quem conhece o processo, adiantando que tal "aconteceu em meados da semana passada". Uma outra fonte assegura que "a assinatura do contrato está por poucos dias". Os valores monetários, esses, permanecem em segredo, mas é garantido que são valores milionários, porque Júlia Pinheiro já é uma das caras mais bem pagas da televisão nacional.

Anfitriã de novo concurso

Tal como o Diário de Notícias já tinha adiantado há três semanas, Júlia Pinheiro vai conduzir um dos grandes formatos esperados para 2011, The Biggest Loser, um sucesso internacional em que os concorrentes combatem a obesidade e são premiados pelos quilos que conseguem perder. Um programa que está previsto arrancar em meados de Março na SIC. "Ela vai estar também a trabalhar na pré-produção do formato", diz uma das fontes contactadas pela Notícias TV.

Projectos televisivos que falaram mais alto na hora da difícil decisão de trocar de camisola. Na verdade, sabe a nossa revista que a TVI ainda fez uma contraproposta para segurar a apresentadora e directora. Tal terá acontecido na semana anterior a André Cerqueira ter deixado o cargo de director de Programas da estação, ou seja, na terceira semana de Novembro. Nessa ocasião, foi-lhe oferecida insistentemente a possibilidade de assumir uma das pastas mais cobiçadas da televisão portuguesa, convite que Júlia negou sempre. A razão da recusa ficou clara a 19 de Novembro: o coração da apresentadora estava já na SIC, onde trabalhará ao lado de Gabriela Sobral e Luís Marques, director-geral do canal.

Em Queluz de Baixo ninguém fala oficialmente da transferência. "Não comento cenários de futurologia nem contratos que estão a decorrer", repete o administrador Bernardo Bairrão. Até ao fecho de edição não foi possível obter declarações de João Cotrim Figueiredo, director-geral e também director de Programas da TVI. Também os responsáveis da SIC mantêm-se silenciosos sobre esta grande contratação. Nem Luís Marques, director-geral, nem Nuno Santos, director de Programas, nem Gabriela Sobral, amiga da apresentadora e directora de Produção e Coordenação de Projectos da SIC, tecem comentários sobre o assunto.

Namoro antigo e intenso

Há mais de seis meses que Júlia Pinheiro estava a ser alvo de um 'assédio' feroz por parte da SIC. A primeira tentativa terá acontecido ainda antes de a apresentadora Fátima Lopes comunicar que ia sair desta estação e trocá-la pela TVI, em Agosto. Contudo, a comunicadora da Casa dos Segredos foi adiando respostas aos aliciamentos da estação de Balsemão e negando tais convites à imprensa. A partir do momento em que Gabriela Sobral, ex-directora de Ficção Nacional da TVI, se mudou para Carnaxide, aí sim, os convites multiplicaram-se. E foi em Setembro que os responsáveis de Queluz de Baixo passaram por um dos períodos de maior ansiedade relativamente a Júlia Pinheiro. "Ela tinha um contrato em cima da mesa para definir as novas funções e foi de férias três semanas sem assinar", revelou fonte à NTV, na altura do episódio. Já não havia muita fé em Queluz de Baixo, mas a palavra da apresentadora, afinal, tinha bastado: ela ficou para apresentar o reality show. Mas, em Novembro, o caso voltou a mudar de figura. E de vez. Com Gabriela Sobral aos "comandos" da SIC - e com o total apoio de Luís Marques - Júlia acabaria por se deixar seduzir.

O segredo durou cerca de um mês e foi a imprensa a revelá-lo antes que a apresentadora tivesse tempo de o comunicar. Por fim, em matéria de antecipações, os responsáveis de Carnaxide também tiveram de acelerar o processo: "O pré-acordo foi assinado o mais rapidamente possível", explicou fonte da SIC. A partir daqui, e com a vontade firme da apresentadora em trocar de camisola, já não havia nada na TVI que a pudesse prender.

Entre os mais valiosos

De acordo com um estudo recente levado a cabo por Luísa Villar, CEO da Purple e especialista no mercado publicitário, esta responsável garante que "Júlia Pinheiro está entre os quatro apresentadores mais valiosos do mercado, juntando-se a Manuel Luís Goucha, Fátima Lopes e Jorge Gabriel". "Têm a imagem de credibilidade e como estão presentes diariamente ganham esse valor", justifica. Porém, é raro ver a apresentadora de As Tardes da Júlia entrar em campanhas publicitárias. "Já tentei convencê-la várias vezes e nunca consegui, diz logo que é muito cara", revela, alegando que as razões que Júlia Pinheiro evoca são bem mais simples: "Se não tem problemas de dinheiro, porque é que haveria de aceitar fazer publicidade?" Por revelar está o valor monetário associado a esta profissional de TV "que tem uma imagem de mulher activa".

Fonte: Noticias TV

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:07

Morde Assopra: Próxima novela das sete começa a ser gravada no Japão (ULTIMAS NOTICIAS)

por SIC - Blog, em 11.12.10

É na mais alta montanha do Japão, no lendário Monte Fuji, que começa a história de Morde Assopra, a próxima novela das sete da Rede Globo, que é escrita por Walcyr Carrasco e tem direção de núcleo e geral de Rogério Gomes.

Bárbara Paz posa com a atriz Adriana Esteves

O cenário deslumbrante é palco do grande sonho da paleontóloga Júlia (Adriana Esteves), que está no local à procura de fósseis de uma nova espécie pré-histórica para finalizar sua tese de doutorado. Um outro sonho, bem diferente, também leva Ícaro (Mateus Solano)

Mateus Solano gravou diversas cenas pelas ruas de Tóquio. Nesta imagem, o ator contracena com Marcos Takeda, que vive no Japão há 15 anos e interpreta um tradutor

Ele vai à terra do sol nascente conhecer novas tecnologias para tentar criar um robô semelhante ao ser humano, na esperança de recuperar o amor de sua vida, Naomi (Flávia Alessandra). Um encontro casual une estes dois brasileiros mudando o destino de Júlia.

Após sofrer uma série de perdas do material recolhido durante as escavações no Monte Fuji, a paleontóloga vai a Tóquio para obter mais recursos e continuar a sua pesquisa no Japão.

Mas, ao cruzar o seu caminho com o de Ícaro, Júlia descobre que a solução para os seus problemas está em seu país natal, mais precisamente no interior de São Paulo. Ícaro revela para a jovem que na cidade onde vive foram descobertas recentemente várias ossadas de animais pré-históricos de 90 milhões de anos.

Mateus Solano gravou várias cenas nas ruas de Tóquio

Os olhos de Julia brilham e ela vê nesta oportunidade a chance de realizar o maior feito de qualquer pesquisador: descobrir uma nova espécie de dinossauro! E assim começa uma amizade que atravessará o mundo e protagonizará muitas aventuras e confusões na peculiar Preciosa. O que Julia ainda nao sabe é que nesta cidade ela conhecerá o grande amor de sua vida, Abner (Marcos Pasquim).

Adriana e Paulinho gravam nos arredores do jardim do palácio imperial, com o cenário deslumbrante das árvores de Gynco Biloba .

A cultura oriental, as novas tecnologias, as diferenças culturais e os mistérios da ciência são alguns dos temas que compõe o universo da comédia romântica de Walcyr Carrasco. A equipe da novela, composta por cerca de 30 pessoas, grava durante 15 dias em Tóquio. Além de.conhecidos cartões postais da região e suas bonitas paisagens, como a Torre de Tóquio e o Monte Fuji, também foram selecionados locais que fazem parte da rotina da população da cidade, como o mercado de peixes, o aeroporto de Narita, as ruas, os templos, os parques e os jardins japoneses.
Mateus Solano e Adriana Esteves viajaram para o Japão. Também foram para o país, os atores Bárbara Paz, Paulinho Vilhena, Michel Bercovitch, Luana Tanaka e Camila Chiba. Escrita por Walcyr Carrasco e direção de Rogério Gomes, Morde Assopra tem estreia prevista para 2011.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:35

Saída de Júlia para a SIC é assunto tabu na TVI

por SIC - Blog, em 11.12.10

Saída de Júlia é assunto tabu na TVI

Apresentadora não falou  aos jornalistas no final da festa. Directores  e colegas evitam falar da ida de Júlia para a SIC.

Na gala de Natal em que os segredos serviram de mote, alusivos ao êxito do reality show Casa dos Segredos, o maior mistério da TVI continua por oficializar: a transferência de Júlia Pinheiro para a SIC.

A apresentadora foi a grande protagonista da gala de solidariedade da Missão Sorriso, no Casino Estoril, mas ninguém quis olhar para esta emissão especial como uma despedida. "Foi uma grande festa em que a Júlia mostrou que é uma grande profissional e na qual trabalhou normalmente", declarou Bernardo Bairrão, administrador da Media Capital. Sobre a mais que provável saída da apresentadora nem uma palavra: "Não vou comentar rumores, situações de quem trabalha na casa. Já vi tantos", suspirou.

Também João Cotrim Figueiredo, director-geral do canal, e Miguel Gil, administrador executivo da Prisa, evitaram abordar o assunto. Já Jaime Pinho d'Almeida, presidente da Media Capital, elogiou a apresentadora e recordou que "Júlia contribuiu muito para a TVI". Lembrou também que "quando as pessoas têm qualidade não há muito problema que vão mudando de uns sítios para os outros", até porque "no fundo estão a contribuir para um mercado que vai valorizar toda a gente."

Ao contrário do que tem sido tradição, a ainda directora de Formatação e Conteúdos da estação de Queluz de Baixo abandonou a sala mal terminou o espectáculo e não se apresentou aos jornalistas presentes, nem sequer para comentar os mais de 219 mil euros angariados na emissão solidária.

Fátima Lopes, nome apontado para suceder à colega nas Tardes da Júlia, também evitou falar da transferência. "Enquanto não se confirmar a saída, não comento porque estamos no domínio das suposições", justificou. Atitude semelhante foi tomada por Júlio Magalhães, colega da comunicadora na estrutura directiva da TVI, mas na Informação: "Não sei se a Júlia vai sair, tenho-a visto."

Indiferente à polémica mostraram-se os telespectadores, já que a gala registou os melhores resultados médios de audiência dos últimos três anos, com mais de um milhão e 300 mil pessoas a assistir, ou seja, quase metade da quota de mercado.

DN

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:52

Contratações: Estrelas da TVI apostam em Carnaxide

por SIC - Blog, em 11.12.10

As mulheres fortes da TVI continuam na mira da SIC. Depois de Gabriela Sobral, Manuela Moura Guedes e Patrícia Müller é a vez de Júlia Pinheiro se despedir de Queluz. O CM apurou que as conversações duram há um ano e que a apresentadora deverá deixar a TVI em Janeiro.

Contactada, a TVI não comenta as notícias sobre a saída de Júlia Pinheiro e assegura que esta vai apresentar a última gala de ‘Casa dos Segredos’. Em Carnaxide, a apresentadora deverá assumir um cargo na direcção de Programas e a condução da versão nacional de ‘The Biggest Looser.’

A guerra das contratações começou no início de Julho, com a partida de Fátima Lopes para a TVI. O contra-ataque da SIC não se fez esperar. Uma semana depois foi buscar Gabriela Sobral, ex-braço-direito de José Eduardo Moniz, antigo director-geral da estação de Queluz, para o cargo de directora de Produção e Coordenação de Projectos. Em Novembro, foi a vez de Manuela Moura Guedes ceder ao convite da SIC, onde terá um magazine de informação semanal, já a partir de Janeiro. A mais recente contratação foi Patrícia Müller, ex-guionista da Plural e autora de ‘Mar de Paixão’, que deverá integrar a equipa da nova novela da estação.

ALEXANDRA TAMBÉM FOI CONVIDADA

O assédio da SIC às caras conhecidas da TVI intensificou-se nos últimos meses. Também Alexandra Lencastre, actriz exclusiva de Queluz de Baixo, foi convidada a mudar de estação. Mas, na hora da decisão, garante que a fidelidade falou mais alto. "O que me levou a recusar foi uma grande fidelidade a uma casa que me tem apoiado e acarinhado desde há muitos anos. Por enquanto, não penso em mudar", disse a actriz.

Entretanto, a SIC já contratou Helena Laureano, Manuel Cavaco, Maya Booth, João Ricardo e Custódia Galego e promete mais aquisições ainda este mês.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:06



Mais sobre mim

foto do autor



Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Dezembro 2010

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031




Arquivo

  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2010
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2009
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2008
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2007
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D