Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


SIC e TVI são favoritos do público jovem

por SIC - Blog, em 21.01.11

Os dois canais generalistas privados são os preferidos dos espectadores com menos de 24 anos. A RTP1 é o canal que atrai um público mais maduro, apesar da grelha diversificada.

A RTP 1 é o canal generalista que atrai menos público jovem. Já a SIC e a TVI são mais procurados pelos espectadores com idades entre os 4 e os 24 anos - 24,9% e 24,6%, respectivamente - contra os 10,2% da RTP 1, revelam dados da Marktest a que o CM teve acesso. O documento mostra ainda que há mais mulheres do que homens a ver televisão e que o consumo é superior nas regiões do interior do País. As variáveis registam algumas particularidades de canal para canal, nomeadamente quanto à preferência por classes e situação sócioeconómica.

"As televisões sabem bem quem as vê - por isso é que a programação do ‘daytime' [durante o dia] é toda para as mulheres e o horário nobre é maioritariamente preenchido com programação de fluxo, nomeadamente novelas", diz Francisco Penim, crítico de TV, acrescentando que "a RTP é o canal com um perfil mais velho por natureza". Opinião corroborada por Eduardo Cintra Torres, que considera que "a RTP faz de facto uma programação envelhecida, que começa logo de manhã". Para o crítico de televisão, "a SIC procura fazer uma programação que seja mais rentável do que os outros canais". "É muitas vezes ignorado que há muitos anunciantes que pagam pelo número de espectadores A-B (classe alta) ou C (média). E portanto há muitos anúncios que passam na RTP e na TVI que não têm a mesma rentabilidade que se podia pensar pelo facto de terem mais espectadores".

Cintra Torres defente também que "todas as classes sociais vêem os canais generalistas, mas se formos ver as que vêem mais são a D (classe baixa) e a C". A percentagem da classe A-B que vê os generalistas, explica, vai diminuindo, por várias razões. "Têm acesso às alternativas (cabo) e têm opções de divertimento diverso (cinema/teatro)". O crítico diz ainda que há uma tendência para pessoas "com menos estudos verem programas em português, ou que falem de coisas de Portugal". E dá um exemplo: "Por isso é que as novelas da TVI, quando apareceram, tiveram tanto sucesso; por serem exclusivamente portuguesas", por se falar em português de Portugal e com actores e paisagens nacionais, que dizem mais aos espectadores.

Relativamente à situação geográfica, Francisco Penim considera que "é natural que os habitantes do Litoral e dos grandes centros migrem para canais cabo, deixando, em percentagem, uma parcela muito significativa de público do Interior mais disponível para ver as estações generalistas". Cintra Torres considera que os habitantes do interior do País "são os que vêem mais televisão à borla [canais abertos], porque têm menos alternativas de divertimento".

Sobre esta questão, Nuno Santos, director de programas da SIC, especifica que o canal que dirige "lidera no Porto, a TVI no Litoral Norte, Litoral Centro e Interior, a RTP no Sul e o cabo em Lisboa. Sendo que os canais temáticos da SIC têm cerca de 25% da audiência total do cabo".

Em relação o crescimento da televisão paga, Francisco Penim sublinha que "2010 foi o ano em que o cabo registou um aumento muito significativo de espectadores, especialmente nos públicos comerciais, liderando em média no ano". O antigo director de programas da SIC diz mesmo que "se o novo sistema de medição de audiências entrar em funcionamento em 2011, muitas coisas irão mudar".

José Fragoso não refuta o facto de a RTP 1 ser vista por uma população mais madura, mas defende que a televisão pública trabalha "para todos os espectadores, com uma programação muito diversificada". O director de programas da RTP 1 sustenta que o objectivo é conseguir conquistar todos os públicos. E o grupo de televisão do Estado tem a vantagem de ter dois canais em sinal aberto, o que lhe permite uma programação mais ecléctica. "A RTP 1 e a RTP 2 têm uma oferta complementar e diferenciada. O primeiro é visto por mais adultos e o segundo tem um peso no infantil e juvenil". Fragoso sublinha ainda que o canal "não tem uma programação monotemática". E defende-se recorrendo ao relatório da Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) de 2009, que diz que "a RTP é o canal com mais géneros na sua grelha e de maior diversidade: tem informação, entrevistas, debates, concursos...".

Quanto à estação de Francisco Pinto Balsemão, Nuno Santos defende que a SIC "é o canal generalista mais urbano e em que os espectadores se concentram nas faixas entre os 4 e os 54 anos". O director de programas do canal de Carnaxide diz ainda que a estação é vista por mais mulheres do que homens, facto que atribui à programação, mais orientada para esse público. "Somos o canal generalista com menos futebol, género que mobiliza o auditório masculino", explica ainda. Para Nuno Santos o facto de o canal ter a preferência de públicos mais jovens significa mais resultados em termos comerciais: "são determinantes para as televisões privadas porque são o instrumento utilizado pelo mercado para definir o investimento publicitário".

Já a TVI assume ter, "tipicamente, o perfil de um canal comercial", reforçando a aposta em programação para públicos jovens e activos na sociedade, logo "com poder de compra" e do sexo feminino, que representa 63% da audiência da TVI, adianta à Correio TV fonte oficial da estação.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:56

Ângelo Rodrigues apela pela exclusividade

por SIC - Blog, em 21.01.11
Depois de Dânia Neto ter referido que a exclusividade com o canal de Carnaxide poderia ser um grande presente para 2011, chegou a vez de Ângelo Rodrigues seguir o seu caminho. "Gostava de fazer parte do leque de actores de exclusivos", revelou à Notícias TV desta semana. Ciente da estabilidade profissional que este tipo de ligação proporciona a um profissional de televisão, o actor de Laços de Sangue acrescentou ainda que o Brasil faz parte dos seus planos futuros: "Adorava trabalhar lá. Não é presunção nenhuma dizer que é uma ambição minha".
Por fim, e em relação ao sucesso de Laços de Sangue, o namorado de Iva Domingues confessa estar "feliz por a novela ser um êxito de audiências e por, pela primeira vez, haver uma produção com franca qualidade que esteja a fazer frente às produções da TVI".

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:30

Presidenciais 2011 domingo na SIC

por SIC - Blog, em 21.01.11
[image[5].png]Na hora certa você vai poder ver na SIC uma grande sondagem que está a cargo uma vez mais da Eurosondagem. Rodrigo Guedes de Carvalho e Clara de Sousa são os pivôs desta emissão especial que arranca às 20h em ponto!
No comentário às Presidenciais 2011 estarão Miguel Sousa Tavares, tal como o blogue já tinha referido, Ricardo Costa e José Miguel Júdice.
Uma emissão especial num simultâneo SIC, SIC Notícias e SIC Internacional.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:10

Conceição Lino de pedra e cal na SIC

por SIC - Blog, em 21.01.11

21896Foi perante a edição do Correio TV, suplemento do Correio da Manhã, que a apresentadora e jornalista da SIC, Conceição Lino, afirmou ter recebido convites por parte da RTP e da TVI.
No entanto, a apresentadora do "Boa Tarde" recusou-os e explicou o porquê: "A SIC faz parte de mim. Tenho arranjado sempre espaço para projectos diferentes, para crescer profissionalmente, e custa-me muito em momentos, que também os tive, mais baixos ou de maior desânimo, trocar isto por outro projecto. Encontrei sempre motivos para continuar a trabalhar na SIC e tive sempre liberdade para o fazer. Nunca tive qualquer constrangimento. Isso para um jornalista é um valor imenso."

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:07



Mais sobre mim

foto do autor



Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Janeiro 2011

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031




Arquivo

  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2010
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2009
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2008
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2007
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D